Psoríase ? fuja desse mal

No inverno, é muito comum tomarmos banhos mais quentes, nos agasalharmos mais e deixarmos a pele com pouco menos de oxigênio. No entanto, não permitir que a pele respire e fique retida aos tecidos pode gerar uma doença muito comum no inverno: a psoríase.

A doença de pele nada mais é do que um tipo de inflamação benigna e não-contagiosa, relacionada a fatores genéticos, ou que pode ser desencadeada pelo uso de alguns medicamentos ou até mesmo pelo estresse. A doença é muito comum e afeta certa de 1 a 2% da população mundial.

A psoríase surge, principalmente, nas partes em que ocorre mais atrito com a pele, ou seja, solas dos pés, cotovelos e joelhos, podendo gerar lesões como placas avermelhadas com escamas grossas, de coloração acinzentada.

O diagnóstico da doença deve ser feito por um médico, pela análise da história clínica do paciente e, em alguns casos, biópsia da pele lesionada. Infelizmente, ainda não existe cura definitiva para a doença, assim como não há como preveni-la. Mas é possível administrá-la com o uso de cremes, medicamentos e até mesmo com banhos moderados de sol.

Dica Onodera: Por falar em cuidados com a pele, que tal um processo de hidratação e nutrição da pele, por meio de produtos? O Hidronutrição é indicado para o tratamento da pele seca, desidratada ou envelhecida, pois auxilia no restabelecimento do equilíbrio da cútis, deixando-a macia e suave.