Livre-se do inchaço!

Você se esforça para cumprir todas as tarefas do dia a dia, marcar pontos no trabalho e ainda cuidar da saúde –  tudo isso se sentindo bonita para que o mundo a reconheça positivamente. Pra dar conta desse recado, você comete alguns pecados, como almoçar aquele salgado com refrigerante (culpa daquela reunião!) ou matar a academia pra dormir um pouco mais depois do happy hour regado a cervejinha com azeitonas. No final do dia, o saldo: você sente as pernas cansadas e inchadas, o pé fica mais apertado no sapato e o corpo todo marcado pela roupa. Em dias de TPM, o cenário pode ser ainda mais dramático. É, o seu corpo já não se recupera tão rapidamente desses deslizes…

 

inchaco

Um dos grandes responsáveis é o sal, que provoca o acúmulo excessivo de água entre as células. Por isso, quando há retenção hídrica, a pele demora a retornar ao normal depois de pressionada. De quebra, seu corpo acumula toxinas, a pele perde um pouco do viço, ganha umas espinhas e você nota os furinhos da celulite se multiplicando. A missão de eliminar aquela gordura abdominal teimosa fica cada vez mais difícil de cumprir.

 

Agende sua consulta estética gratuita

Uma grande ajuda no combate a esses problemas é a Onolinfática, drenagem linfática onde realizada com movimentos leves e lentos, que também direciona e melhora o fluxo linfático. Além de estimular a circulação sanguínea, eliminando toxinas e diminuindo a retenção hídrica (inchaço), ainda ativa a oxigenação celular e a nutrição dos tecidos.

 

Realizada apenas por profissionais habilitados, a Drenagem Onolinfática é um procedimento completamente sem dor, que promove certo relaxamento muscular e sensação de bem estar, sendo igualmente benéfica no pós-operatório de cirurgias plásticas faciais e corporais. É perfeita como coadjuvante em todos os tratamentos: celulite, gordura localizada, flacidez e estrias, pois potencializa e melhora os resultados. Com ela, vasinhos, varizes e celulites diminuem, as roupas ficam mais folgadas, a pele, mais oxigenada e nutrida. Normalmente, recomenda-se no mínimo 10 sessões, realizadas de uma a duas vezes por semana.

New Call-to-action