Enxaqueca: quais alimentos comer e não comer

A enxaqueca é um mal moderno que pode ter várias causas. Uma delas é por causa da sua alimentação, por isso, hoje, o Dicas de Beleza e Estética da Onodera te mostra como se alimentar da maneira certa para não sentir dores de cabeça.

Os alimentos estão baseados em duas categorias: o que comer e o que evitar comer. Veja quais estão em qual grupo:

O que comer
Alimentos antioxidantes: Alimentos como maçã, gengibre, kiwi e cenoura ajudam a bloquear o processo inflamatório, justamente por serem antioxidantes;
Alimentos que liberam serotonina: A serotonina é a substância responsável pela sensação de bem estar, por isso, inclua na sua dieta alimentos como arroz, frutas, noz, iogurte, verduras, grãos e cereais e carnes magras, como o filé mignon;
Alimentos com ômega 3: Assim como a maçã e a cenoura, alimentos ricos em ômega 3, como o salmão, o espinafre e o azeite de oliva, ajudam a evitar as inflamações responsáveis pelas dores;
Ricos em selênio: Castanhas-do-pará e amêndoas contribuem para que a intensidade das crises seja menor.

O que não comer
Glutamato monossódico: Alimentos industrializados como temperos, macarrão instantâneo, caldos prontos, salgadinhos, bolachas salgadas, sopas prontas, shoyu e molho inglês são ativadores de enxaqueca;
Produtos com aspartame: Tudo que é diet como refrigerantes, doces, balas, devem ser evitado. O aspartame pode ser um dos causadores da enxaqueca;
Alimentos com cafeína: Café, chá preto, refrigerantes com cola, bebidas energéticas e até achocolatados devem ficar fora da dieta de quem sofre de enxaqueca;




Seguindo uma dieta equilibrada, será mais fácil driblar a dor e se sentir melhor. Para cuidar do seu corpo, marque sua consultoria estética gratuita com uma das especialistas da Onodera e aproveite!

agendamento-onodera-blog2

[plinker count=5 heading=’Textos Relacionados’]