Como fazer dieta sem deixar de frequentar os fast foods

Fazer dieta não precisa ser uma tarefa árdua, nem é necessário sair tirando do prato todos os seus alimentos preferidos. Regimes restritos demais podem até dar certo, mas, após um tempo, amantes de quitutes e guloseimas retornam à velha rotina, favorecendo a volta de todos os quilinhos perdidos (e até de um pouco a mais) e o chamado efeito sanfona acontece. A verdade é que é possível perder peso ou mantê-lo comendo melhor, inclusive algumas daquelas delícias consideradas ?vilãs? dos cardápios.

 

dieta_fast_food

 

O segredo está em saber fazer trocas inteligentes, balanceando a quantidade de calorias. Deu vontade de comer uma batata frita? Prepare uma porção do pacote congelado no forno. O sabor será praticamente o mesmo, mas bem mais leve. A fritura, além de fazer mal à saúde, é muito mais calórica e pode resultar em acúmulo de gordura abdominal ? que é o que menos queremos neste momento.


A mesma dica vale se a vontade for de hambúrguer. Aliás, para torná-lo light, faça-o em casa. Escolha cortes magros de carne e coloque na grelha pra ficar saudável. Se a ideia for comer um belo sanduíche, opte por pão integral, que ajuda no funcionamento do intestino, e complemente com opções nutritivas, como alface e tomate.


Fora de casa, prefira os lugares que ofereçam alternativas light, que usem pouco (ou nada) de óleo. Uma boa dica é evitar fritos, diminuir os refogados, elegendo os cozidos e assados. Já nas redes fast food, troque as batatinhas por salada. E na hora de escolher uma bebida, embora os refrigerantes zero ou light possam até apresentar menos calorias, os sucos ainda são mais vantajosos. Escolha sempre os naturais ou os de polpa. Evite as versões em caixinha, geralmente de néctar da fruta, pois contêm muito açúcar.

 

Você pode apostar também nos wraps na hora de satisfazer o desejo de lanche ou até mesmo, de pizza. A massa fininha pode ser facilmente combinada com recheios nutritivos, como peito de frango desfiado, queijo cottage, verduras e legumes. Use a criatividade e construa sabores inusitados ? mas, sem gordura!

Agende sua consulta estética gratuita



Para beliscar no meio do dia, coma frutas no lugar de besteirinhas, as nozes, castanhas, amêndoas e semente de abóbora, ao invés de salgadinhos industrializados. Substitua o famoso misto quente por peito de peru e queijo branco e leite integral pelo desnatado. Ao fazer as trocas inteligentes por alimentos similares, fica mais fácil eliminar a gordurinha indesejada.


Tais mudanças no dia a dia podem fazer toda a diferença quando o assunto é emagrecer ou manter a boa forma. Mas é importante ressaltar que se permitir comer qualquer alimento é válido apenas quando há um equilíbrio nas refeições. Caso contrário, celulite e pneuzinho serão reflexos do exagero.


Pense duas, três ou várias vezes, antes de devorar uma barra de chocolate ou comer uma coxinha no meio do expediente. Afinal, fazer trocas inteligentes para matar a vontade só faz sentido se por trás das ?escapulidas?, houver alguma atividade física e um cardápio saudável. E não se esqueça de mastigar bem e lentamente os alimentos.