Bye, bye, prisão de ventre

Um mal que atinge boa parte do público feminino é a prisão de ventre. Mas os malefícios do intestino preguiçoso podem ser reflexo da falta de pequenos cuidados com o corpo.

Ao invés de fazer uso dos laxantes, que tal investir em hábitos mais saudáveis? Embora muitas mulheres recorram a este método, os medicamentos só devem ser usados sob prescrição e acompanhamento médico.

A prisão de ventre é muito mais fácil de ser combatida do que se imagina. Basta seguir uma dieta balanceada(com foco nas três principais refeições do dia) e, especialmente neste caso, rica em fibras. Além dos nutrientes, é recomendável que as refeições sejam feitas de maneira bem tranquila e com um tempo razoável para a mastigação. Alimentos como massas, ricos em farinha, batata ou chocolate são deliciosos, porém, devem ser evitados ou consumidos com moderação.

Não se esqueça que o consumo de mais de dois litros de água por dia e os exercícios físicos praticados regularmente, além de fazerem bem ao corpo, também estimulam o bom funcionamento dos intestinos.

Dica Onodera: Agora que você já sabe como evitar a prisão de ventre, que tal aliar os cuidados a um tratamento estético? Se sentir pesada ou inchada não é normal e não faz bem. Conheça o Onolinfática, a drenagem que auxilia a reduzir a retenção de líquido e melhorar a circulação.