Bigode chinês: como se livrar dele?

Também conhecido como sulcos nasogenianos, o bigode chinês é o campeão no quesito terror das mulheres. Essa marca de expressão é aquela que aparece próxima ao nariz, até o canto da boca, e podem ser causadas por expressão, ação da gravidade sobre os tecidos da bochecha ou hereditariedade. Ele se destaca no sorriso e pode aparecer até mesmo quando a boca está fechada, deixando a mulher com aparência pesada e cansada.
Para evitá-lo, um bom começo é acertar na alimentação. Proteínas e alimentos que mantenham o colágeno saudável são essenciais, e a ginástica facial e hidratação ajudam a retardar o seu aparecimento. E, claro, use sempre protetor solar.
Mas se a prevenção falhar, ainda existem recursos estéticos que ajudam a remover total ou parcialmente o bigode. Existem três tratamentos que podem funcionar quando o acúmulo de pele for pequeno: tratamento com polimetilmetacrilato (permanente), a hidroxiapatita (semipermanente) e o ácido hialurônico (temporário, com duração de até um ano). Já para os bigodes com mais excessos de pele, o ideal é uma cirurgia para tracionar os tecidos, podendo ser interna e externamente.
Caso você também sofra com o bigode chinês, a Onodera tem tratamentos, como o DMAE, que combatem a flacidez facial. Marque sua avalição gratuita personalizada em uma de nossas unidades!