Aumento das celulites? Livre-se desse mal

O combo primavera/verão já está dando as caras nas vitrines. Tendências para as próximas estações pipocam nas revistas, novelas e redes sociais. Com as altas temperaturas, deixamos o corpo mais à mostra e bate aquela insegurança na hora de colocar uma roupa de tons claros ou que deixe o corpo em evidência.  

Marca a celulite? O bumbum está parecendo uma casca de laranja? A flacidez é aparente? Essas são perguntas comuns nos provadores das lojas de roupas femininas. O pior é que os indesejados buraquinhos não se instalam apenas nas nádegas, mas em outras partes como barriga e pernas e até mesmo nos braços.

livre_celulite

Mas, e por que ela aparece? A celulite surge quando as células de gordura presentes em nosso organismo aumentam seu volume em líquido, graças à obesidade e ao sedentarismo. Com o aumento do tamanho das células de gordura, há a compressão das células nervosas (por isso que em graus elevados a pessoa sente dor), dos vasos linfáticos e dos vasos sanguíneos, havendo um acúmulo excessivo de líquido no local (edema). Para tentar deter esse edema e sustentar as células de gorduras que já estão aumentadas, o organismo manda fibras colágenas ao local. Quando essas fibras tentam encapsular o edema, formam-se os nódulos que deixam a pele com o aspecto de “casca de laranja”.

Muitos são os fatores que contribuem para o aumento das celulites. O ideal é que, mesmo em meio a uma atribulada rotina, alguns cuidados sejam tomados para conter e minimizar os terríveis furinhos.

Confira 6 dicas preciosas que vão fazer toda a diferença quando o calor chegar!

  1. Alimente-se melhor

Invista em alimentos que acelerem o metabolismo, como gengibre, azeite de oliva, maçã, amêndoas, chá-verde, pimenta e produtos com maior concentração de fibras e vitamina B, que levam mais tempo para serem digeridos, aumentando a sensação de saciedade. Evite cafés e produtos com alto teor de sódio, pois eles favorecem o surgimento dos edemas. Combata-os também com azeite de oliva e gengibre que possuem ação antiinflamatória.

  1. Beba muita água

Não é à toa que a água é conhecida como solvente universal. Ela promove uma verdadeira limpeza e desintoxicação no nosso organismo, eliminando toxinas e outras impurezas. O ideal é que você consuma pelos menos dois litros ao longo do seu dia.

  1. Ative a circulação

Muitas mulheres trabalham o dia inteiro de salto alto ou sentadas. Ambas as situações interferem diretamente na circulação sanguínea. Experimente descer do salto e intercalar com sapatilhas e rasteirinhas que podem ser igualmente charmosas. Evite ficar muito tempo sentada. Levante-se, dê uma alongada e uma breve caminhada a cada duas horas. Troque o elevador pelas escadas: suas pernas e bumbum agradecem.

  1. Cremes anticelulite

Os cosméticos são boas opções para amenizar os efeitos da celulite sobre o corpo. Eles são mais efetivos quando aplicados com uma massagem. Opções não faltam: o ideal é que você decida junto com a sua dermatologista qual a melhor alternativa para o seu caso.

5- Drenagem linfática 

A drenagem linfática continua sendo uma das queridinhas da mulherada na luta contra a celulite. A técnica promove a eliminação do excesso de líquido contido no corpo, ajudando a acabar com a retenção e ativando a circulação. Em poucas semanas, juntamente com uma alimentação mais adequada, os resultados já são visíveis.


6- Tratamentos estéticos

O Power Shape trabalha com sucção, vibração e rádio frequência que promovem calor, diminuindo as células de gordura. O tratamento é ideal para a fase de ataque contra a celulite. Depois de algum tempo, quando elas estiverem mais suaves, sessões de massagem modeladora podem ser uma excelente opção para manter a pele mais lisinha.